Voltar

Como Controlar a Vontade de Comer

Notícia criada em 2013-08-22, lida 1881 vezes

Como Controlar a Vontade de Comer

O segredo do emagrecimento é comer menos. Entretanto, como deixar de comer guloseimas deliciosas?

 

Emagrecer todas as pessoas querem, mas nem todos conseguem. Isso porque, atualmente, é difícil manter-se afastado das guloseimas espalhadas por todas as partes, seja nos supermercados, padarias ou restaurantes, sendo que o principal fator para a perca de peso é a diminuição calórica. Sendo assim, saiba como controlar a vontade de comer e, consequentemente, atingir a seu peso ideal sem sofrer muito.

 

Alimentos com Fibras Saciam a Fome

As fibras tardam mais para ser digeridas e, por isso, dão uma sensação de saciedade mais rápido, o que faz comermos menos. Portanto, a todas as refeições, alimente-se delas.

 

Elas estão nos:

  • Produtos integrais (massas e pães)
  • Legumes
  • Verduras
  • Frutas

 

Proteínas Mantêm a Fome Afastada por Mais Tempo

Da mesma forma que as fibras, as proteínas também demoram mais tempo para serem digeridas. Por isso, inclua-as na sua alimentação, seja no pequeno-almoço ou no almoço. Elas estão nas carnes vermelhas (prefira as magras), carnes de frango, queijos brancos e ovos.

 

Dicas para Controlar a Fome

 

Não se stresse Tanto

Geralmente, comemos por ansiedade e não por fome. Deste modo, é preciso manter a calma e relaxar, mesmo com a vida tão agitada e cheia de problemas. Então, pratique ioga e, quando aquele nervosismo atacar, libere a adrenalina com exercícios físicos.

 

Coma de Tudo, mas em Menores Porções

Numa dieta equilibrada, tudo pode ser colocado no prato, mas em quantidades moderadas. Para começar, diminua para metade os alimentos no seu prato. Em seguida, pode começar a substituir alguns alimentos como, por exemplo, o arroz branco pelo integral, a carne gordurosa pela magra, as frituras pelos grelhados e assim por diante.

 

Da mesma forma, quando sentir vontade de comer doces, corte-os em pedaços pequenos, pois eles te darão a sensação de saciedade mais rapidamente.

 

Faça Compras Inteligentes

Você só comerá em casa se tiver o que comer, não é verdade? Portanto, antes de ir ao supermercado, coma algo para não ir com fome e encher o carrinho com produtos que não são necessários. Quando estiver lá, escolha os produtos certos como o azeite, os integrais, as frutas, as verduras e o açúcar de cristal ou mascavo no lugar do refinado.

 

Ao preparar o jantar para a família, deixe as panelas e as travessas longe, porque quando as vemos cheias, sentimos vontade de esvaziá-las imediatamente.

 

Não Repita o Prato

Algumas pesquisas dizem que o segundo prato é o responsável pelos quilos a mais. Elas podem ter razão, então não exagere. Antes de repetir o prato, espere aproximadamente 20 minutos, pois esse é o tempo que o organismo demora para comunicar o cérebro que está saciado.

 

Faça Refeições Leves à Noite

A rotina corrida do dia-a-dia faz com que deixemos a refeição principal para a noite. Porém, essa é a mais perigosa quando o assunto é engordar. Sendo assim, alimente-se bem durante o dia, especialmente ao pequeno-almoço e vá diminuindo a quantidade de calorias ao longo do dia, até chegar a hora do jantar.

 

Com o calor, faça lanches naturais com pão integral ou apenas uma salada bem colorida e, no inverno, uma sopa com produtos naturais é ideal para manter o corpo quentinho e as calorias em dia.

 

Beba Bastante Água

A água pode ser uma grande aliada para sentirmos menos fome. Por isso, quando sentir o seu estômago a se movimentar, ingira alguns copos de água para aquietá-lo.

 

Fracione suas Refeições

Um dos grandes segredos para ficar esbelta é fracionar as suas refeições entre 5 a 6 por dia. Assim, comerá menos nas refeições principais e avisará o seu organismo que está bem nutrida. Porém, entre o pequeno-almoço e o almoço, por exemplo, ingira alimentos leves como torradas integrais com requeijão ou barras de cereais.

 

Faça Exercícios

Sabia que exercícios diminuem a ansiedade e a compulsão por alimentos como hidratos de carbono.